sexta-feira, 12 de agosto de 2011

O triste fim de Roberto Henriques.

Que o seu mandato é um episódio único, esse blog já falou há muito tempo. Que sua postura política não merece confiança, e que tampouco o parlamentar merece ser considerado uma alternativa viável ao patetas da lapa, também já escrevemos várias vezes.

Esse blog sempre diagnosticou que são dois lados de uma mesma moeda. Parece que sobre isso não há dúvidas.

Embora os patetas da lapa reclamem dos atos do governador júnior X cabral, repetem-nos por aqui, pois:
Se filhos de uns andam de helicóptero outros andam de ford fusion ambulância(estalando de branco novo). Se a deputada-filha, enquanto vereadora na capital, batia na taxa de iluminação pública municipal na capital, a sua genitora arrecada com gosto por aqui. O deputado, então, como bom filho pródigo, se ainda não voltou covil da lapa, pelo menos não abandou a impostura e incoerência de seus mentores:

Fez com os servidores estaduais da Educação, ao votar com o governo estadual. Fez lá o que reclama que é feito por aqui pelo casal de prefeitos, que agora diz detestar.

É justamente por isso que não há pudor algum dessa gente em brigar, fazer as pazes, brigar e depois fazer as pazes. A estrutura do seu caráter político é una e indivisível. Assim como faz pouca diferença onde estão hospedados os blogs de coleira que lhes servem. Se junto com peixe podre ou no pasquim ordinário, a natureza é uma só.

Esse é o motivo de tanto ódio entre eles. O amor que eles têm pelas mesmas coisas, a mesma maneira de fazer política, a mesma mídia de coleira, e os mesmos modelos de gestão.

Em tempo: Afinal, com quem ficou o dinheiro do caixa 2 que o deputado-prefeito-chefe artigo 288 disse que foi arrecadado. Será esse o motivo da briga desse pessoal?

3 comentários:

Anônimo disse...

Roberto Henrique e Garotinho já estão preparando o terreno para o ano que vem.Rosinha por questão de saúde ou judicial, poderá ficar afastada do pleito de 2012. Não acredite que este dois palhaços estão de fato estremecidos.Roberto virá como candidato e se caso leve, entregará a PMCG ao Napoleão da Lapa. CLÁUDIO ANDRADE NELES!!!

RAFAELA disse...

Parte do dinheiro ficou com o ex-concorrente de crespinho.Ex, por que está preso. E a grande maioria do dinheiro sujo, levantado pelo pessoal do Art. 288, acho que ninguém vai ter dificulade de imaginar, com quem ficou.

Maria Célia disse...

Vou arriscar o porquê da briga, entre os dos deputados campistas, o que fica em Brasilia e o que fica na cidade do Rio de Janeiro.

Comentam que o de Brasilia, demitiu nesta prefeitura, muitos encostados, que seriam afilhados do cara que exerce sua função na cidade do Rio de Janeiro.

Daí o desentendimento. Mas se os afilhados voltarem, essa briguinha acaba. Não se iludam pessoal particularmente eu os acho tão igual, em muitos sentidos.