terça-feira, 28 de junho de 2011

Pensando bem!

Se até hoje não abandonaram a escravidão em seus canaviais, por que imaginar que deixariam de queimar a cana?

Nada temam. Falta só 10 anos mais para chegarmos ao século 19!

Um comentário:

Anônimo disse...

Ontem os produtores de cana estavam protestando na Praça São Salvador pelo direito que se atribuem de queimar a cana, causar transtornos respiratórios em grande parte da população, encher as nossas casas de foligem, sujar nossas ruas e praças. Nossa, é bem amplo o direito deles.
Será que o restante da população, que arca somente com os prejuízos, têm direito a alguma coisa ou tem apenas obrigação de sobreviver e morrer calado?