quinta-feira, 9 de junho de 2011

Não a violência.

Não conheço todo o enredo do episódio que culminou com a agressão física perpetrada pelo vereador conhecido como "Camarão" contra outro vereador.

Mas de todo e qualquer modo, não há justificativa para tal ato. A defesa dos interesses e disputas políticas decorrentes não significam utilizar a violência contra quem quer que seja.

Esse não é o decoro que se espera de um vereador.

O blog defende o direito da Câmara de enfrentar a prefeita nas suas pretensões de lotear e entregar o município de mão beijada para grandes empresários, mas não corrobora que esse direito seja exercido com abusos, qualquer que seja a natureza deles.

Lamentável.

Nenhum comentário: