quinta-feira, 14 de abril de 2011

NunKassab e sua festa do cabide!

A julgar pela repercussão e pela fala do próprio "pai da criança", o "novo" partido vai ser um festa do cabide. É só entrar e deixar qualquer orientação ou viés ideológico pendurado, e se refestelar.
Quer ser governo? Ótimo! Quer brincar de oposição? Fique à vontade! Não quer ser nada? "Faça o que tu queres, é tudo da lei".

Podemos dizer que a sigla está adequada: Partido Sem Direção!

Mas o pior de tudo não é agüentar a grita dos que se sentem ameaçados por essa proposta tão atraente a políticos que sempre se orientaram pelo oportunismo e pelo personalismo.

O ruim mesmo é ouvir o Roberto Freire do PPS cobrar coerência...

Pô, até na orgia tem que ter regras. Roberto Freire, não!

Um comentário:

Roberto Torres disse...

É um partido de centro, radicalmente de centro, bem no centro