sexta-feira, 15 de abril de 2011

Madrinha dos ricos, madastra dos pobres!

Há uma estranha inversão de valores na relação de algumas autoridades de municípios da região com alguns investidores e empresários.

É aceitável e desejável o diálogo, mas que permaneça na esfera da defesa dos interesses dos munícipes em relação as intervenções pretendidas pelos empreendimentos.

Não somos ingênuos, e sabemos o que representa a interlocução com bilionários, mas o poder público não pode transparecer um posição que infira submissão.

O que assistimos espanca qualquer noção de bom senso, e rasga a liturgia do cargo que ocupam, e pior, com uma sinalização estranha, de vassalagem explícita.

Ora, ora, como pode uma prefeita se reunir para "pedir" que traçados de "corredores logísticos" sejam mudados?
Quem manda nessa cidade afinal?
Não seria o caso da prefeita, junto com sua assessoria técnica e legitimada pelos votos que teve, determinar os limites do chamado "corredor", tendo como única e motivação o interesse público, e ponto final?
Afinal, é o poste que mija no cachorro?

Será que a motivação em aparecer com "funcionária" do empreendimento foi para ser chamada de "madrinha"?
Será que são as necessidades de "campanha" que movem esse diálogo improvável?

Eu pergunto: Será que o cidadão comum, o eleitor, consegue tanta atenção para discutir seus problemas e de sua comunidade com as autoridades municipais?

Ahhh, mas você cidadão não precisa ser ouvido! Eles te dão o que acham que você precisa, e você aceita calado, como sempre!

Ué, o voto do rico vale mais que o voto do pobre? E olha que o rico em questão, nem vota por aqui!

2 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Douglas,
Deixar assuntos técnicos na mão de políticos populistas não costuma ser uma boa idéia e o mister X sabe disso..
É claro que o interesse público sempre tem de prevalecer, só que o tal interesse público costuma ser apenas travestido público.
O trajeto do corredor logístico será o que mais convier aos interesses eleitoreiros atuais e ao Mister X.
A administração pública municipal não brigará com o Mister X, no máximo, encenará uma peça teatral, nada além.
Tudo que for mudado prejudicando os interesses do X, será compensado com investimento público redobrado, podendo até chegar a prescindir dos investimentos X.
O fato desse corredor passar por dentro de Ururaì, parece agradar aos moradores daquela localidade.
O problema que eles ainda não perceberam é que os beneficiários serão apenas alguns comerciantes, ao restante da população caberá suportar o excesso de barulho dos caminhões enormes, a poluição sonora e atmosférica espalhadas por eles e se vitimar com os inevitáveis acidentes e atropelamentos.
É o mesmo caso da BR 101 passando dentro de Campos, ajuda a algumas dezenas de comerciantes e atrapalha com engarrafamentos, acidentes, poluição sonora e atmosférica, atropelamentos, etc, a grande maioria da população.
O que mais gostaria saber é o porquê do empresário mais rico do Brasil fazer jus a tanto investimento público, facilidades, isenções fiscais para seu negócio, etc. sem ter que se comprometer a restituir absolutamente nada, enquanto que os pequenos empresários, que necessitam de ajuda ínfima não conseguirem nenhuma dessas facilidades, e para conseguirem verba do Fundecam, têm que apresentar inúmeras garantias, tendo que restituir o valor integral acrescido de juros.
No caso atual, a coisa anda invertida, quem não precisa, por ser bilionário, consegue tudo, quem precisa tem que se virar ou sofrerá uma descarga que o conduzirá ao esgoto sanitário.
Isso deve ser a isonomia invertida, praticada com dinheiro público.
Nascimento Jr
nascimento.jr@bol.com.br

Anônimo disse...

Gostaria de saber se a pracinha do jockey II será reformada pela madrasta rosinha ?? já que a mesma encontra-se em estado lamentável, e nunca possuiu nem mesmo brinquedo para nossas crianças... a iluminação é péssima... foi construida uma quadra que foi dita que seria poliesportiva...sendo que a que foi construida nem mesmo uma tapagem tem, está longe de ser poliesportiva... mato...falta de estrutura.. são caracteristicas dessa pracinha que está longe de ser um lugar de lazer para as crianças...afinal nem brinquedo ela nunca possuiu como já foi dito acima. será preciso colocarmos fotos da vergonha que é nossa praça nos blog's para que tenhamos um olhar atencioso do governo....esperamos que não seja preciso...afinal a meta do governo é fazer pelos que precisam....É UMA VERGONHA UMA PREFEITURA RICA COMO A NOSSA E AS CRIANÇAS DE ALGUNS BAIRROS NEM LOCAL PARA SEU LAZER POSSUI...SERÁ QUE O JOCKEY ESTÁ NA PROGRAMAÇÃO DE OBRAS...SERÁ QUE TEREMOS NOSSA PRACINHA REFORMADA COMO A DA PENHA ESTÁ SENDO, OU TER UMA IGUAL AO DO BAIRRO IMPERIAL...OU SERÁ TUDO POLÍTICA COMO SEMPRE.....