quarta-feira, 23 de março de 2011

Vai para casa, Padilha 3!

Tudo como dantes no quartel de Abrantes, ou seja:
O ministro Padilha vem, vai ser ciceroneado pela prefeita, seu marido e o resto de seus asseclas, que vão capitalizar politicamente com o fato, e o PT/Campos continua onde sempre esteve e do tamanho que sempre teve: Em lugar de nenhum destaque e com tamanho de uma ameba!

Agora, de acordo com as informações do blog da vereadora, o ministro esnobou a reunião com a frente sem povo. Claro que os assessores do ministro já anteciparam o lance, e escaparam da saia justa que a inércia e a leniência do PT local poderiam lhe vestir!

E como o poder de mobilização do PT/Campos junto a dita sociedade organizada é nulo, logo, qualquer evento promovido pelo partido só traria desgaste desnecessário ao ministro, que vai receber um papelucho das mãos da vereadora, entregar a um assessor qualquer, que depois jogará no lixo, quem sabe, lá no aeroporto mesmo, quando ninguém estiver olhando!

Se fosse relevante politicamente, o PT/Campos nunca receberia a notícia da visita pelos jornais, e poderia influenciar e formular a agenda local do ministro.

Engraçado notar que o teor do documento foi de denúncia do caos da saúde para agenda propositiva com o raios (sic) X  da saúde.
(Eu acho que andei copiando a idéia desse pessoal para escrever meus textos Vai para casa, Padilha 1 e 2, rsrs!)

Por essa, e por outras tantas, torcemos que a visita seja o mais breve possível!

Vai para casa, Padilha!

Nenhum comentário: