terça-feira, 15 de março de 2011

Ouro de tolo.

Não se enganem.
Toda matéria-prima
Da poesia
É falsa.

Nenhum comentário: