sexta-feira, 25 de março de 2011

Fui, vi e gostei!

Com um pouco de atraso, só na semana passada, tomei conhecimento da programação cultural do SESC-RJ para esse mês.
Chamou-me atenção a agenda das quintas-feiras, onde diversas cantoras fazem um tributo ao Nelson Cavaquinho, sambista-poeta da Velha Guarda da Estação Primeira de Mangueira.
Cada cantora faz a sua leitura própria do mestre falecido em 1986, e nascido em 1910.

Ontem, fui com a patroa na apresentação de Maria Fernanda e o grupo Bossa & Tal.

Surpresa agradabilísima. A moça é do ramo, voz poderosa, marcada, mas suave.
Se fosse uma jogadora de futebol, estaria assim como uma meia-armadora da categoria de Zico.
Longe da obviedade burocrática das cantoras cabeças-de-área, sem a gritaria das vozes alteradas das cantoras atacantes, rompedoras! A Maria Fernanda sabe que o que tem que "rolar é a bola"!
Os músicos que a acompanhavam não estavam lá por acaso. Uma zaga de respeito. Sem chutões. Só o fino!
Destaque para uma percussão criativa, e um saxofone que fazia as notas escorrerem pelos nossos ouvidos.

Parabéns ao SESC-RJ pela programação. Parabéns a Maria Fernanda e Bossa & Tal pela linda apresentação!

Nenhum comentário: