domingo, 30 de janeiro de 2011

Piratas na planície.

Nunca é demais lembrar. Laerte e seus Piratas do Tietê.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Douglas,

Gostaria de deixar aqui, minha indignação.
Não vou deixar o meu nome, pois se tratando desta cidade, é bem capaz de cortarem meu benefício por revelar o assunto em questão.
É o seguinte, a prefeitura municipal de Campos, beneficiou os alunos de baixa renda uma bolsa de 70% referente à mensalidade do curso. Antigamente, esta bolsa era repassada de uma maneira injusta, uns com 100%, outros com 10%; enfim, agora ficou estabelecido um piso se igualdade de 70% para todos, independente do curso. Sendo assim, cada aluno assinou um tempo de compromisso, com a finalidade de realizar a contra-partida, para poder continuar recebendo o benefício. Estamos fazendo esta contra-partida toda a semana por 4h. Agora, nas férias esta contra-partida foi interrompida, mas voltaremos assim que o ano letivo começar.
Até aí tudo bem. O que me deixa indignada é eu ir a secretaria da UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ, e receber a seguinte informação: O meu curso tem a mensalidade de R$ 873, 69 e o valor referente aos 70% sobre este valor que a prefeitura cobre é de R$ 611,58, certo? Não, errado. Pelos cálculos da secretaria o valor é de R$ 353,50.
Das duas uma: ou eles não sabem fazer uma simples conta de porcentagem que qualquer um aprende no 2º grau do colegial, ou estão desviando meu benefício para outro lugar que eu ainda não conheço.
Entrei em contato com alguns colegas que também recebem este benefício e todos estão com este mesmo problema.
O atendente da secretaria teve a cara de pau de nos dizer (éramos um grupo de 4 alunos questionando este cálculo) que não é assim que se faz a conta. Que o nosso cálculo estava errado. Que o cálculo é outro, enfim, tirou o dele da reta quando falamos que íamos para o procon, blogs e afins. Ele disse que são ordens de cima e que não podia fazer nada.

Por favor, eu não tenho condição de pagar R$ 520,19 na mensalidade. Tenho guardado a quantia de 30% do valor da mensalidade que é R$ 262,10. E se eu não me matricular terei a bolsa cortada. Estou de mãos atadas, desesperada, pois as aulas da Estácio de Sá começam amanhã, dia 31/01/2011.

Por favor, me ajude a divulgar este desrespeito com nós bolsistas; que só queremos o nosso direito de estudar com dignidade.

O meu boleto está nas minhas mãos, com os valores especificados, e amanhã eu e meus colegas iremos ao PROCON denunciar esta irregularidade. Vamos correr atrás do nosso direito e divulgar o que está acontecendo. Não vejo a hora de saber para qual bolso meu benefício está indo.

Obrigada.

Anônimo disse...

Obs.: Esqueci de dizer que os bolsistas contemplados tiveram seus nomes divulgados no Diário Oficial, ou seja, temos todas as provas necessárias para esta denúncia de desvio parcial de verba.

Mr Gayrrisson disse...

Eu acho que ao invés do monumento ao soldado desconhecido, seria muito mais prático e honesto colocar um pelourinho na praça.

Assim, periodicamente, todos os cidadãos - a começar pelos que votaram na digníssima - poderiam lá comparecer para uma agradável sessão de chibatadas, empunhadas pelos DAS e todos os demais parasitas desta cidade.