terça-feira, 5 de outubro de 2010

Só pode ser piada!

Só no Brasil, como diz Mino Carta, e eu adapto, só no Brasil e na planície lamacenta, jornalista chama patrão de "colega", e enverga a defesa da livre empresa como se fosse a defesa da livre imprensa.

Ainda por cima é chamado de "irmão".

Ué, se são todos irmãos, na hora do inventário de mamãe e papai vai sobrar algum para todos?

Ou ainda: Que família é essa que uns passam férias na Europa enquanto outros vão de passagem de 1 real para o farol?

Serão então bastardos e enjeitados dessas famílias? Quem sabe?

Bom, cada um com seu cada um, e em problemas de "família" eu não me meto, mas que é estranho, ah isso é!

E como não sou versado nas "letra" e nas "prosopopéia" de bardo inglês, eu emendo com plágio ruim o dilema que deve ser dos jornalistas de coleira: "Ser ou não ser, eis a questão!"

Nenhum comentário: