quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Sábias palavras!

Essa frase eu pincei de um texto do ótimo blog do Brizola Neto!


"Um sujeito só é um completo idiota quanto se considera grande coisa."

Essa vai para o professor-triste, que com sua "grande atuação", quer seguir "mudando o Rio e o Brasil!"

4 comentários:

Anônimo disse...

Cara, vc já anunciou morte, laudo, mas parece que não consegue enterrar o partido em Capos... urubu é que gosta de carniça!
Por que vc, que escreve tão bem (concordo), não aponta as tuas críticas em defesa da Dilma?
Já faz tempo, antes do lançamento da candidatura dela , estive em Sampa e uma pessoa (petista, bastante esclarecida) disse que os demotucanos tinham um arsenal de denúncias para que, no momento exato, fossem usadas para "detonar" com o partido.
A imprensa vendida isnsiste em tentar, agora na reta final, associar o partido aos dossiês. Ora, Douglas, não está na hora de vc se manifestar? Quanto mais dados as pessoas tiverem acesso para esclarecer sobre essa tentativa de golpe que estão tentando impingir ao partido melhor!
Pare de bater em cachorro morto e poste mais sobre os fatos relevantes, que vc contribuirá muito mais!
Bem sabemos que o desespero deles é grande e estão tentando fazer o que sempre fizeram quando algum candidato tem possibilidades de vencê-los: usaram a filha do Lula fora do casamento, a teoria do medo, com Regina Duarte e a agora fazem "terrorismo" com Dossiês. Primeiro aquela matéria da Època, associando Dilma ao terrorismo e, na sequêcia, vem os fabricados dossiês.
Sabemos que o povo brasileiro está bastante satisfeito com o governo Lula, mas é muito frágil em suas convicções políticas. A lavagem cerebral que, principalmente a globo está fazendo, pode abalar a performance de Dilma e acontecer o segundo turno, que é tudo que eles querem.
Eu não acredito, mas um pouco de prudência não faz mal à ninguém!
Abr
Creio se

douglas da mata disse...

Caro comentarista,

Você tem razão, porém, sua análise esquece de alguns detalhes importantes, senão vejamos:

1. Eu, como vc bem disse, só anuncio: o "crime de morte" não é obra minha;
2. É verdade, o partido é um cadáver insepulto. É preciso enterrá-lo, para nascer o novo partido!
3. Quanto a questão da Dilma, se você espichar um pouco o olhar sobre o blog, verás que tem material publicado nesse sentido, embora eu acredite que a campanha nacional já está faturada. O que precisamos agora é discutir o pós-Lula, e esse blog já iniciou tais debates(novamente, conclamo a espichar um pouco o olhar sobre outros textos já publicados)
4. Infelizmente, ou não, minha esfera de militância política está vinculada a minha cidade! É aqui que o partido necessita de críticas e reformulação!
5. Vou chutar o cachorro morto enquanto ele se negar a admitir aue estar morto, e continuar com seu latir esganiçado!
6. Enfim, eu não gosto de carniça, mas não me refuto a remexer a podridão para "purificar" o ambiente, aliás, nem tenho nada contra urubus, bichinhos tão úteis!
rsr!

Não há misericórdia, e creia: Os traidores do PT não passarão!


Um abraço.

Anônimo disse...

Mas eu tb não tenho nada contra os urubus... aliás, contra nenhuma espécie. O que me preocupa é quando uma tenta exercer a função da outra... aí acontece o desequilíbrio na cadeia e ecologicamente falando não é bom para o planeta!
Quanto a espichar os olhos sobre o teu blog. o faço todo dia. Não estou pedindo que publiques para mim, mas para àqueles (as) que divulgo o teu blog e que são sedentos de mais informações.
Como a rede globo tem acesso bastante amplo, (é a mais assistida) e está na ordem do dia espinafrar com a candidatura Dilma, te fiz uma sugestão. Não precisas brigar comigo.
Ficarei fora da tua mira!!!
Ah, cão morto não ladra, meu caro.

douglas da mata disse...

Meu caro comentarista,

ond em meus commentários eu "briguei" com vc? ué, era para ser um monólogo?

me desculpe, mas creio que blogs são espaços onde opiniões são o principal, ou não?

quanto ao cachorro morto, eu acreditava que falávsmos metaforicamente, logo, nesse caso, é possível que o "cadáver" ainda se mexa!

um abraço, e fique sempre na mira, como não?

em breve daremos atenção especial a sua sugestão!