terça-feira, 28 de setembro de 2010

Minha declaração de voto:

Presidente: Dilma Roussef
Governador: Sérgio Cabral
Senadores: Lindberg Farias e Crivella
Deputado Federal: Chico D'Ângelo nº 1310
Deputado Estadual: Zaqueu Teixeira nº 13333

8 comentários:

artur gomes disse...

Douglas, excelente o texto que acabo de ler no rioblogprog e postar nos blogueiros desocupados. Segue link do vídeo que fiz, no manifesto da UJS em frente ao Clube Militar no Rio.

grande abraço
artur gomes

UJS realiza manifesto contra o PIG no Rio
http://www.youtube.com/watch?v=ueHgSsAmhQY

carta ao povo brasileiro
Leia aqui http://goytacity.blogspot.com

o amor é a coisa mais torta
que mora lá dentro de mim
teu céu da boca e a porta
onde o poema não tem fim

artur gomes
http://blogdabocadoinferno.blogspot.com

douglas da mata disse...

Caríssimo companheiro Artur,

Recebi o convite do Sérgio Telles, e aceitei o desafio de postar alguns textos por lá.

Acho que a "coisa" está tomando corpo, pois cabeça já tem, rs.

Dia 04 vou fazer um esforção para estar na reunião no sindicato dos bancários.

Um abraço.

artur gomes disse...

Douglas, já conheci alguns dos blogueiros do RioBlogProg, no debate que houve no CCBB sobre Blogosfera: A Impresna Alternativa do Século XXI. tem muita gente boa, cabeça mesmo, vamos ver se conseguimos mais adesões do pessoal de Campos. Eu como sempre ando de lá prá cá dauqi prá lá. dia 4 estarei lá na reunião.

grande abraço

Lindberg e Picianni no Largo da Carioca
http://www.youtube.com/watch?v=L3iqlog9WNg

Anônimo disse...

Seu segundo escolhido me deixa arrepiado. Votaria até no candidato do garotismo (ECA), já que não tem chance mesmo, mas logo nesse sujeitinho que nunca trabalhou na vida, queridinho do PIG-RJ, o retrato de tudo que não presta. Só poderia ser pior se fosse inventado pelo garotismo.
Quanto aos outros, tá valenco!

douglas da mata disse...

Caro comentarista,

O que prova quanto salutar é Democracia, pois veja:

Eu voto no cabralzinho com os dedos tapando o nariz.

Mas, nesse caso, sua eleição fortelece o campo da nossa campanha vitoriosa(Dilma), e possibilita a ampliação de nossa base parlamentar.

Mas não me engano: cabralzinho e seu padrinho e ex-chefe são fenômenos políticos parecidos e de sinal trocado: autoritarismo zona sul contra autoritarismo do chuvisco-neocon-evangélico.

Sem falar que soterrar o garotismo é uma tarefa extra paraq nós, eleitores da planície lamacenta, logo, fortalecer o candidato-laranja do "chefe", significa lhe dar sobrevida política.

Um abraço.

Neto disse...

Douglas,

Tenho a mesma opinião do anônimo sobre sua escolha para governador. Há algum tempo, leio vários textos seus criticando de forma pesada a sua maneira de governar e agora leio que votará nele!!!???
Com todo respeito que vc e vários amigos petistas que conheço merecem, é por essas e outras que me desiludo cada vez mais com o Partido dos TRabalhadores.É tudo bem contraditório!! E se de um lado me conforta saber que não votará no mafioso Picciani, que faz parte da turma de Cabralzinho há muito tempo, também acho meio contraditório (sem querer ser repetitivo) o voto no Crivella.
De qualquer forma, deixo meu caloroso abraço.
E viva a democracia!!!

douglas da mata disse...

Caro Neto,

Eu não enxergo Democracia sem partido político, nem partido político sem Democracia interna.

Eu fui um dos que imaginava uma candidatura própria. Minha tese não vingou, por decisão do próprio candidato, a qual, também discordei.

Portanto, a decisão de votar em cabralzinho, cujo governo critico, e continuo a criticar, é uma tarefa, principalmentem partidária.

Votar não significa abrir mão da crítica, nem uma adesão bajuladora e cega. Mesmo entre aliados, há dissensos, e isso é Democracia.

Eu mesmo já fiz críticas pesadas ao governo Lula, no episódio do Daniel Dantas e suas ligações com o zé dirceu, por exemplo.

Eu continuo no PT de Campos, mas critivco firmemente a postura de alguns dirigentes e de sua parlamentar.

Isso que dá qualidade ao debate político aqui dentro, de onde você nunca deveria ter saído, rsrs.


Crivella foi um ds senadores mais leais ao governo Lula e nosso prinicpal defensor na questão dos royalties.

Eu não creio em deus, mas as opções dele eu e suas, e de todo mundo eu respeito, assim como as do Leonardo Boff e outros.

Um abra~ço.

Neto disse...

Como é bom um debate sadio!

Grande abraço deste ex-eleitor petista durante várias eleições.