domingo, 26 de setembro de 2010

E o Orçamento?

Cléber Tinoco já chamou a atenção. Roberto Moraes também. Ricardo André sempre esteve atento.

Eu pergunto: Com quantas entidades, com quantos partidos ou pior, com quantas instâncias de seu próprio partido a vereadora discutiu a peça orçamentária desse ano, que valerá para o exercício do próximo ano?

Ano passado, a desculpa era a precariedade de seu mandato, recém assumido com a morte do seu antecessor.

Mas e esse ano?

Nenhum comentário: