terça-feira, 3 de agosto de 2010

Poemas de lama.

Adverbial.

De lado
De frente
De costas
Em cima
Embaixo
Entre
Por dentro
Por fora
Acima
Abaixo
Antes
Durante
Muito mais
E depois.
Hoje
Ontem
Ali
Aqui
Acolá
Tarde
Cedo
Sempre
Perto
Mas
Longe
Nunca mais!
Toda hora
Sem hora
Em todos os lugares
De todas as formas
Sem modos
De todos os modos
Cem modos!

É assim
Desse jeito
Meu amor
Em qualquer tempo
Mais que perfeito
Em pretéritos
Nunca passados!


d/da/mata
03.08.2010

Nenhum comentário: