terça-feira, 31 de agosto de 2010

E por agora, chega!

Acho que já perdi demais o meu, e o tempo de vocês!

Não vale à pena dar tanta atenção a quem não fala por si mesmo, e tem que pedir licença a mulher para existir politicamente!

Por hoje, já está de bom tamanho!

Um comentário:

Claudio Kezen disse...

Caro Douglas,

Às vezes, o silêncio ecoa como um grito!

Abraço,
Claudio.

PS: não sou petista e não estou tentando fazer uma crítica oportunista, apenas um comentário concordante com seus últimos posts.