terça-feira, 6 de julho de 2010

Stálin vive, viva Stálin!

O PCB, nas palavras da sua mais proeminente representante, Graciete Santana, "espera" por uma transição tranqüila, e aposta em uma "aliança tática" com o garotismo, sob a forma de uma "armistício" para garantir uma vantagem competitiva.

É a herança do penasmento stalinista, como o acordo secreto com o nazistas na década de 30 do século XX.

Deu no que deu, Hitler invadiu a URSS, e ceifou milhões de vidas.

Agora, o PCB campista parece querer um acordo com o a nossa versão moderna do nazismo.

Parece que esse pessoal não aprende mesmo!

Nenhum comentário: