segunda-feira, 28 de junho de 2010

Quinta coluna!

De todos os que "torcem" contra ou a favor da manutenção das sentenças que destituiu o mandato da prefeita, e tornou inelegíveis o deputado "canecão", o ex-governador e o ex-prefeito, um deles faz todos crerem o contrário do que deseja.

Trata-se do ex-governador.

A inelegibilidade é o ato final da farsa que montou: Dizer que não será candidato ao governo do Estado porque foi perseguido.

É o mote que pretende emplacar para preservar o pouquíssimo capital político que lhe resta, e adiar o fim próximo!

Afinal, diante a acachapante derrota que se avizinhava, a suspensão de seus direitos políticos cai-lhe como uma luva.

Nenhum comentário: