quarta-feira, 18 de outubro de 2017

rafael e a pelegagem do sepe: um caso vergonhoso!!!

No movimento reivindicatório dos servidores, esse blog recebeu inúmeras informações que o sepe só apareceu ora para confundir e atrasar a pauta, ora para tentar capitalizar politicamente...

Não duvido...

Agora, o sepe anuncia que está em negociação com o prefeito para elaborar o que seria o projeto de lei para instalar a eleição direta para administradores (as) das escolas da rede municipal...


Eu não acompanho muito de perto a atuação do sepe ultimamente...não tenho estômago...

Mas fica evidente que o sepe virou correia de transmissão da atual administração...

Não vi, nem li (porém pode ter acontecido) nenhuma assembleia ou reunião do sepe com sua base para debater o importante tema...

Assim como espanta que esse tema não mereça audiências públicas...

Aliás, em tempos pretéritos recentes, as "cumadres" do sepe faziam audiência pública até para irem ao banheiro...

Pois bem, e agora?

Aguardem o "monstrengo" que sairá do cruzamento de rafael e sepe...

rafael e os médicos: só a cabecinha...

A decisão dos médicos sobre o andamento de suas reivindicações é um primor...de covardia...

Primeiro porque negociam a lutam em separado, o que já denotam que se consideram diferentes ou melhores que seu pares, os servidores públicos...

Como se sabe, os médicos da cidade decidiram encaminhar seus pleitos em paralelo aos demais funcionários...

Agora, os médicos dizem ao prefeito que entrarão em estado de alerta, atenção ou seja lá o raio que os partam...

Algo como: vamos colocar só a cabecinha...


O que temem os médicos?

Então a causa é justa ou não é?

E se a causa é justa, esperam o quê? 

O atual governo já cagou na cabeça deles (como na de todos os demais servidores) e ainda assim estão com medo de deflagrar a greve?

Um dos mais letais vírus que se tem notícia é a covardia...

Sobre écinho das alterosas...

A decisão do stf, ratificada ontem em decisão do Plenário da Casa Alta, em acordo "deixa-disso", é correta...

Vou fazer um reparo a tese que defendi antes...

Quando do afastamento do senador pelo stf, com a adoção das medidas cautelares (recolhimento do passaporte e confinamento noturno), eu escrevi dizendo que apenas o afastamento deveria ser suspenso, e as demais medidas cautelares poderiam ser aplicadas...

Pois bem, lendo o voto do Marco Aurélio, entendi que a suspensão dos efeitos cautelares deveria ser total...ou seja, não cabe ao stf impor medidas cautelares a senador (ou deputado), sem antes submeter esse decreto a aprovação da casa parlamentar onde o atingido pelas medidas cumpre seu mandato...

Tudo isso porque as medidas cautelares trazem embutidas uma condicionante, quer dizer, se forem descumpridas deverão ser convertidas em prisão...

E se a CRFB veda a prisão de parlamentar, salvo as exceções descritas, sendo certo que mesmo na prisão em flagrante deverá a casa parlamentar confirmar a segregação, não tem sentido permitir que o stf adote medidas cautelares que poderão resultar em prisão (caso descumpridas), quando a cautelar de maior relevo, justamente a prisão, não pode ser decretada à revelia da confirmação dos pares do investigado/réu...

O problema disso tudo não é o teor da decisão...

Mas a certeza que temos que esse apego à constitucionalidade só aconteceu porque se trava do réu em específico, um senador tucano golpista e aliado a outros golpistas...

E aí a coisa fica estranha, porque defender a constitucionalidade, nesse caso, parece defender a sacanagem...e de certa forma, é...

Esse é o ambiente que conseguiram instalar no país, os canalhas da mídia e a quadrilha de golpistas e empresários que tomaram o país, tudo com as bençãos do judiciário e do parquet...

A legalidade, a defesa dos direitos e garantias constitucionais, o respeito e equilíbrio entre os poderes, tudo isso se tornou mero adereço para levar a cabo o maior roubo institucionalizado que se tem notícia em nossa triste história...




terça-feira, 17 de outubro de 2017

Olhai pr'o céu rafael...


Resultado de imagem para olhai pro ceu frederico


Campos dos Goytacazes é uma cidade sui generis...

É a única cidade do país, que eu saiba, que tem a sede administrativa central da sua prefeitura localizada em uma rua cujo nome é um personagem fictício...

Para quem não sabe, Coronel Ponciano de Azeredo Furtado é aquela figura principal do livro de Zé Cândido de Carvalho, o Coronel e o Lobisomem, que virou adaptação cinematográfica, com Diogo Vilela no papel principal e Selton Mello como antagonista, e Ana Paula Arósio como a bela disputada por ambos...

Ou seja, em Campos dos Goytacazes, a rua da prefeitura é uma "rua de mentira"...ou seria "da mentira"?

Aqui essa diferença inexiste...

Para sermos fieis a lembrança de Zé Cândido, fico a imaginar o que ele escreveria, se vivo estivesse, e se assim fosse de seu querer, acerca do prefeito atual de Campos dos Goytacazes...

Impossível não associar o atual prefeito ao personagem Frederico, da sua obra Olhai para o céu, Frederico...

Vejam só aí abaixo um comentário de um blog que achei na rede mundial de computadores...

Incrível como a trama reflete que pouca coisa ou nada mudou em relação às nossas classes chamadas proprietárias, cujos hábitos e trejeitos parasitários se perpetuam como tradição de família...e que hoje se fazem representar na cadeira de alcaide dessa terra chata...



"(...)Eduardo, nosso narrador, um menino órfão, vai morar com o tio Frederico e nunca chega a entender o velho.  Não percebe como o tio era uma raposa velha, sempre comendo  beiradas, parecendo um cordeirinho, mas que na  hora H, dava o bote certeiro arrancando tudo do vizinho, do parente mais próximo, de quem fosse mais fraco,  mesmo sem o saber.  Frederico era um estrategista, com homem com olho grande, matreiro, conhecedor das fraquezas humanas. 
Tendo passado os primeiros anos de sua vida na família de outro tio, Eduardo, chega à casa de Frederico cheio de orgulho por seus antepassados, nobreza brasileira, dona de terras e de gente.  Depois de quase quinze anos no engenho São Martinho, com Frederico, ele recebe uma vistosa herança quando o tio morre.  Mas Eduardo mostra que todo o tempo passado nessa usina de açúcar, pouco o atingiu.  Só mesmo o aprendizado de sem-vergonhice vingou.  No mais, ele que parece aberto à modernidade, às máquinas para melhor aproveitamento da cana de açúcar, mas logo, logo, mostra que em seu íntimo ainda vive de um esplendor imaginado da época de seus antepassados e espalha arrogância e desprezo pelos outros.
E assim vai o romance, com a prosa descontraída das conversas de varanda, com ritmo próprio que acompanha um enrolar de cigarro de palha, ou se cala para ouvir os primeiros grilos de um início de noite.  Mas, por trás desta ingenuidade quase caipira, há uma forte crítica à sociedade dos usineiros, dos donos das terras, dos decadentes baronatos, gente com mentalidade de estupradores da terra, piratas permissionários pela monarquia, (...)Este grupo de irresponsáveis, mal letrados, preferiu continuar com a exploração nos moldes escravagistas, em que todos de quem dependia cresciam abandonados, sem recursos financeiros ou intelectuais, fadados a perpetuar a pobreza no campo por gerações e gerações futuras.(...)"





quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Campos dos Goytacazes: as empresas de ônibus na contramão do bom senso!

Quer arrumar uma justificativa para o governo não funcionar? Culpe o antecessor?

Quer uma justificativa para o sistema de transporte público não funcionar? Culpe o transporte ilegal...

Os empresários de ônibus da cidade se parecem com o atual prefeito até nisso...

Quem já jogou uma "pelada" sabe: o mau jogador culpa a chuteira, o gramado, e no fim, a esfericidade da bola...


O que os cretinos dos empresários de ônibus não dizem, é claro, que é justamente a ineficiência, o descalabro, o desrespeito, enfim, o péssimo serviço prestado por eles há séculos é que produz as "alternativas"...

Quem trocaria um ônibus limpinho, refrigerado, confortável, com horários rigorosos e etc por uma lata-velha caindo aos pedaços, com gente amontoada?

E um canalha dizer que depois de anos e anos explorando a paciência dos usuários e dos trabalhadores rodoviários, eles não conseguiram dotar a cidade de um sistema de transporte, ao menos, digno, é dose para leão...

É um tapa na cara e uma cusparada em nossa inteligência...

Se depois de tanto tempo eles não chegaram a um tipo de negócio que permitisse o lucro com bons serviços, então, na melhor forma liberal e capitalista, é bom dizer: TROQUEM DE RAMO!!!!

Um dos "empresários" anda dizendo que investiu em 60 ônibus...esqueceu de dizer, claro, que o tutu foi adiantado pelo Fundecam, com juros de pai para filho...

Para quem quer um exemplo de como são e se comportam tais "empresários" é bom dar uma olhada no mais bem sucedido deles:

O luso-carioca "barata" (jacob)...

Não há debate possível com esse pessoal sem um conselho de usuários e trabalhadores com amplo acesso às planilhas REAIS de custo...

Sem começar por aí, tudo mais é enrolação...como tudo nesse governo e na gente que o cerca...

terça-feira, 10 de outubro de 2017

O Teatro de Bolso está no bolso dos seus diretores...

Resultado de imagem para charges sobre teatro

Há certo tempo, uma intrépida trupe de "artistas" ocupou a Teatro de Bolso...

Já debatemos isso aqui.

Pois é, agora parece clara a intenção do pessoal que patrocinou a manifestação, além de servirem de massa de manobra para latrinas editoriais e do movimento coxinha que resultou na vitória do atual prefeito de Campos dos Goytacazes...


Eis que está em cartaz uma peça, e o diretor do teatro é justamente o diretor da peça...

Se não bastasse o conflito óbvio, que pode ser considerado improbidade, a produção ainda conta com "apoio" da PMCG e da FCJOL, Fundação Cultural Jornalista "Oswaldo Lima"...

Bem, imaginem que uma diretora de escola convocasse um palestra feita por ela, ou produzida por ela, e cobrasse ingresso, e ainda tivesse apoio da Prefeitura e da Secretaria de Educação...

Pois é, é esse o caso aqui...

E no debate que tive com esse diretor na página do Gustavo Landim Soffiati, ficou claro que o diretor do teatro confunde suas atribuições de gestor com seus atributos de artista, como se o fato de militar como diretor teatral lhe conferisse imunidade para as cagadas como gestor público que é (ou deveria ser)....

É a moral vesga do pessoal que era pedra e agora está na incômoda posição de vidraça... 

Como dizem no teatro: é muita merda para vocês, contribuintes, mas nesse caso, não tem a ver com desejar sorte...

Também na arte e nos artistas, esse governo só mudou os nomes, mas manteve os hábitos...

O silêncio dos indecentes...

Resultado de imagem para silencio dos inocentes
Foto do secre(o)tário de gabinete. 
Especialistas confirmaram que seu cérebro não serve para nada.


No esforço de justificar o injustificável, um dos jabazeiros que foi aproveitado como secre(o)tário do atual (des)governo rafael diniz, disse na pocilga editorial onde costuma chafurdar, que a situação da cidade é, em parte, resultado da omissão e cumplicidade da população, em todas suas classes sociais...

Isso o blog não pode deixar de concordar, até porque, já falamos sobre isso há tempos...

O problema é que o cretino tenta manipular uma metalinguagem mequetrefe, como se incluindo de forma excludente...já, já explico a confusão...

O garoto de recados da falha da manhã, agora devidamente aparelhado no governo, faz um mea culpa fajuto, sem dizer as palavras que têm que ser ditas...

O governo dos patetas da lapa não foi ininterrupto...

Teve gestões de seus pupilos, que depois viraram desafetos, como o prefeito canecão vianna e o alexandre mocaiber...

É preciso dizer que a latrina editorial na qual o secre(o)tário atua foi regada regiamente por verbas publicitárias durante esses (des)governos, e só desembarcou da canoa quando ela afundou, aliás, como é de estilo de toda a mídia cretina nacional...

Porém, há outro fato interessante sobre o caráter (ou a falta de) dos porcalistas que adoram criticar e falar da moralidade alheia:

O escândalo da José Pelúcio, uma fundação que atuou no (des) governo mocaiber e que tinha vários funcionários fantasmas, e dentre eles, é claro, um timaço de porcalistas que atuam na pocilga editorial (e em outras) e ganhavam um DASzinho (havia também estatutários) na PMCG, na época dos fatos, uma dupla remuneração que mereceu apuração criminal, que até não sabemos que fim levou...

Os nomes circularam em um famoso CD que foi distribuído pela cidade...

São esses fatos, dentre outros, que levaram a cidade aonde está hoje...

Em cartaz na terra chata: A mudança e o teste da farinha...

O sistema de transporte público dessa cidade é caótico faz tempo...

É fato que o casal-mor dos patetas da lapa, napoleão e sua boneca de ventríloquo (rosinha) nada mais fizeram que encher o rabo dos empresários de grana, sem nunca terem sequer arranhado o enorme apetite deles por lucro (não confundir com a saúde financeira das empresas, essa sempre aos frangalhos)...

Engoliram milhões de reais e os veículos, a racionalidade dos itinerários, da disposição das linhas e a transparência das planilhas de custo inexistem...

O atual prefeito e ex-vereador de oposição, rafael diniz, SEMPRE foi um dos ferrenhos críticos, e SEMPRE teve como bandeira a melhoria dos sistemas de transporte públicos da cidade...

Um vez empossado, o que fez?

Primeiro delegou a tarefa a um total e completo incompetente...tanto que hoje quem fala sobre o setor é outro imbecil, o secretário de "gestão e planejamento" (onde ????)...

Então, não é um mero acidente ou fruto de qualquer herança maldita que levou a situação do transporte a esse patamar...

Como já dissemos antes, é falta de culhão para enfrentar os tubarões do setor, aliado com uma política de extinção de direitos dos mais pobres...

Tanto é que a única medida concreta do prefeito e sua intrépida trupe foi acabar com o subsídio, sob a "jenial" justificativa que precisam "entender" o sistema...

Também falamos antes que o campista não pode reclamar: eis aí o governo da mudança...

Mudou um monte de coisa: quem tinha cheque-cidadão não tem, quem pagava 1 real para almoçar agora passa fome e quem pagava 1 real de passagem agora paga 2,75 reais...

Uai, tá bom de mudança ou empurra mais um pouquinho de mudança no brioco?

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

A mídia canalha de sempre!

Por mais que passe o tempo, e que eu imagine que nada mais me surpreenderá em se tratando das quadrilhas de comunicação espalhadas pelo país, com destaque para a máfia marinho, ainda assim eles conseguem me deixar estupefacto...

Essas redes de comunicação empresariais desancaram cada programa social do Governo Federal, e por aqui na terra chata, seus filhotes repetem o mesmo mantra contra os mais pobres assistidos pelos governos...

Assistencialismo, fisiologismo, populismo, são os adjetivos mais comuns, agora adicionados a "escandalosos esquemas" de cooptação eleitoral...

Pois bem, vejam só...

Esses mesmos cretinos agora celebram o fato de que os mais pobres, justamente os cadastrados pelos programas sociais federais, que em parte nessa cidade também são atendidos por programas sociais locais, terão acesso gratuito aos conversores digitais...

Os conversores serão necessários para a continuação do recebimento do sinal de TV (digital)...

E claro, esses canalhas escondem também que o dinheiro usado para a aquisição dos equipamentos é PÚBLICO...

Estelionato midiático, puro e simples...

Ou seja, para que a população pobre tenha acesso aos canais de TV, usa-se dinheiro público e sequer citam a fonte do dinheiro...

É como se o poder público pagasse seu pedágio, ou...te desse um dinheiro para ajudar nas contas do mês, como uma renda mínima, ou um cheque-cidadão...

O governo dará aos mais pobres um dinheiro para que ele veja TV!!!!!!

Uma bolsa TV...

Bem, isso não recebeu até agora nenhuma ressalva ou censura dos nossos "liberais"...

Que fique bem claro que sou totalmente favorável a essa medida, que aliás deveria ser estendida a outras plataformas de comunicação, como forma de democratizar o acesso à informação...

Porém, o bolsa TV tem objetivo certo, afinal, que outro veículo se presta a fazer lavagem cerebral tão contundente e ampliada?

Em Campos dos Goytacazes, a "consciência de classe" dos ricos se manifesta!

O caso da suspensão do pagamento dos RPA, atendendo a "determinação" do mp, é um exemplo caro para demonstrar a quantas andam a total promiscuidade de atribuições e competências constitucionais nesse país, e em especial, em nossa cidade de Campos dos Goytacazes...

Não conheço a atribuição da promotoria que deu a "ordem" e nem sei se, de fato, foi a promotoria ou um juiz que mandou suspender o pagamento, subordinando seu reinício a integralidade do depósito dos vencimentos em atraso...

Mas é certo que os promotores (ou o juiz) não deram a "ordem administrativa" em nome dos pobres servidores, mas sim para socorrer seus colegas de classe social, os médicos...

É o caos...

Que bom que nesse caso, os mais pobres até que embarcaram na carona dos médicos, mas que fique claro que é esse mesmo mp que agora diz como e quando deverão ser pagos os servidores, que os ameaça quando esses servidores se manifestam e pretendem fazer greve...

Ou seja, cada coisa em seu lugar: mp é fiscal da lei e não poder eleito para decidir o que fazer com Orçamento...





quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Loucuras de Momo...

Resultado de imagem para carnaval bicheiros
Resultado de imagem para rei momo

Anda acalorado o debate sobre o Carnaval do Rio de Janeiro,  mais precisamente os desfiles da Escolas de Samba produzido pela LIESA, a liga das agremiações...

É mais um desses tópicos que revela nossa extrema esquizofrenia institucional, ou melhor dizendo, nossa total ausência de parâmetros honestos para tratar da coisa pública...

Primeiro e antes de tudo, repilo veementemente o viés religioso que o prefeito do Rio, o bispo Crivella, tenta escamotear quando diz que as verbas estão exauridas, e por isso não repassará os valores referentes ao apoio da municipalidade aos desfiles da Marquês de Sapucaí...

O cerne da questão deveria ser outro, se de fato quisesse contribuir para a elucidação da nossa atávica hipocrisia...

O evento Carnaval traz mais recursos ou prejuízos a municipalidade e a segurança dos munícipes?

Só um estudo desse naipe poderia fornecer uma base confiável para resolução do impasse...

Porém, complexa que é, a festa de Momo tem outras implicações...vejamos:

Como policial civil eu sempre me perguntei como é que durante todo o ano, todos os policiais e agentes públicos tenham que, obrigatoriamente, tratar os bicheiros como criminosos...?

Mas na festa profana, essa restrição vira confete e aí, todos os recursos públicos, inclusive policiais, servem como estrutura necessária ao evento da liga que é dominada por...

...bicheiros...

Uai...que sociedade é essa que festeja junto com quem criminaliza?

Uma historinha que ouvi de uma colega policial, que parece mais uma lenda urbana de tão absurda, mas que, como toda aberração, acaba por ser mais real que a realidade:

No desfile do ano passado houve o trágico incidente com um enorme carro alegórico, que vitimou várias pessoas, inclusive com desfecho fatal...

Pois bem, MANDA a LEI que a Autoridade Policial, diante de fato que está vinculado a necessidade de perícia (laudo de local, nesse caso), DEVE interditar o local do fato até que os peritos façam os exames necessários, naquela ocasião, no referido carro e nas instalações adjacentes, ou seja, a avenida...

A Autoridade Policial MANDOU interditar, o que, por óbvio, atrasaria o desfile daquela agremiação e de outras...

Eis que veio a ordem DE CIMA, e o local foi desfeito...dane-se perícia, dane-se a Lei...

Diga-se, para esclarecer, que essa mesma lei permite, EXCEPCIONALMENTE, o desfazimento de local de incidente de trânsito (o que aconteceu ali envolveu veículo), apenas quando há risco de morte para os envolvidos e outros alheios (transeuntes e outros condutores)...pode ter sido o caso, quem sabe?


Temos o exemplo acabado de como no Império da LIESA a lei não vale. ou se vale, o nível de flexão do seu cumprimento é, digamos, mais elástico que o normal...

Assim como no caso dos bicheiros...

São o demônio o ano inteiro, mas povoam a fantasia coletiva do imaginário popular, vestidos santos-patronos no Carnaval...

Ah, claro, você nunca terá acesso a tais questionamentos na pocilga editorial da quadrilha marinho e afiliadas, porque são eles os que mais lucram com o tríduo momesco...mas com certeza você assistirá ou lerá o linchamento de algum agente público que se aproximar dos bicheiros fora do Estado Excepcional de Momo...

rafael diniz, pede para cagar e sai, meu filho!

Todo mundo que tem mais de quarenta anos já ouviu a expressão: "pede para cagar e sai"...

É um jeito grosseiro, é verdade, de dizer ao interlocutor que ele não agrada, embora imagine que está fazendo o contrário...

Geralmente, essa frase traz um outro componente, dizer ao imbecil que ele não é esperto como se imagina e não entende porra nenhuma daquilo que diz se expert...

O caso se aplica ao prefeito e sua legião de imbecis...

Há meses que ouvimos a mesma cantilena: herança maldita, herança maldita, herança maldita...

Pois bem...

Na segunda-feira um dos legionários da imbecilidade disse, em alto e bom som, no estúdio de uma rede de propaganda local, que o governo cortou programa de subsídio de passagem de ônibus para "entender"...


Ah, sim...mas deixa eu entender também...

Os caras estão desde a posse falando em auditorias, auditorias e cadê o resultado?

Qual é o exato tamanho do suposto rombo deixado pela gestão anterior?

Quais as soluções propostas pela "equipe do prefeito" diante dos gargalos encontrados?

A quantas andam a execução orçamentária?

Se depois de 09 meses os legionários da imbecilidade ainda não descobriram como funciona a prefeitura e como está a situação, o que dizer?


Sugestão:

"Oh, faelzito, estão te chamando lá do banheiro..."

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Campos dos Goytazaes: o transporte caracu, onde empresários entram com a cara e os usuários com...a rima!

Assisti ontem a entrevista de um dos asseclas do prefeito rafael diniz...

Confesso que me vesti de toda boa vontade do mundo, procurando não julgar antes...o tema era o transporte público e o fim da passagem social...

Ao fim da "entrevista ensaiada", me arrependi de não ter confiado no meu pré-julgamento...

O rapaz que foi escalado para explicar o inexplicável, fato que gerou ainda mais estranheza porque há (ou deveria) haver um responsável pelo setor (o débil mental do IMTT), teve uma atuação digna de "rolando lero"...

Com o cansaço da tese da "herança maldita", o secre(o)tário bombril partiu para "inovação":

Nas suas palavras, foi preciso suspender o benefício para "entender" o sistema e o programa...

Depois de mais de nove meses a frente da prefeitura, o atual grupo político não consegui "entender" como funciona o transporte público de uma cidade de porte médio...

Pois bem, e se candidataram por que, senão sabiam de porra nenhuma????

Em qualquer cidade desse país, principalmente naquelas onde o modal rodoviário é o principal, a questão do transporte público tem uma premissa única:

Gestores têm que ter coragem para enfrentar os carteis do transporte público, que se utilizam de vários expedientes, como manipulação de planilhas de custo e indicadores de difícil medição (como estimativa de passageiros transportados) para evitar a fiscalização e regulação do setor, tudo com vistas a onerar as tarifas em benefício próprio...

Resumindo: o prefeito tem que ter culhão para dizer quem é que manda...

Não raro, esses prefeitos estão com rabo preso com os empresários, e jogam a maioria dos custos para os usuários e o Erário...

Diga-se de passagem que essa captura...esse sequestro dos prefeitos pelos empresários em Campos dos Goytacazes não é exclusividade da atual gestão...nada disso...

A gestão anterior derramou milhões de reais no sistema que continuou praticamente o mesmo: ineficiente e caro...

Até as tão alardeadas iniciativas de renovação da frota partiram de financiamentos públicos (FUNDECAM), e até hoje não foi divulgado a quantas andam os pagamentos de tais obrigações junto ao fundo...


Esse blog já se manifestou inúmeras vezes: 

O principal medidor da tarifa, na composição dos custos operacionais, deve partir da aferição de quilometragem, indicador disponível com a instalação de um simples GPS...

Outra demanda imprescindível a racionalização é a integração, seja com o mesmo modal (terminais de ônibus), seja com outros modais (no caso de Campos dos Goytacazes, o transporte complementar, chamado de alternativo)...

Se a municipalidade remunera o sistema apenas com estimativa de passageiros, é claro que o empresário vai sobrecarregar determinadas linhas onde há mais demanda, tentando espremer gente dentro dos ônibus, e por outro lado, haverá uma sobreposição de veículos disputando, de forma predatória, esses espaços onde há mais passageiros, deixando as localidades mais distantes e com menor demanda entregues à própria sorte...

No entanto, qualquer que seja o parâmetro estudado, os cretinos da prefeitura NUNCA poderiam retirar o subsídio de milhares de usuários...


Outro ponto assombroso na "entrevista-jabá" do secre(o)tário foi a criação de uma comissão para os estudos, sem que haja ali nenhuma representação dos usuários...

É um tipo de acordo caracu onde apenas os que entram com a cara vão decidir o que fazer com o brioco dos demais....

A ideia de democracia desse governo faria corar mussolini...




quinta-feira, 28 de setembro de 2017

O supremo tribunal da mídia...

Que a mídia comercial canalha age para encobrir fatos que atinjam seus interesses e de seus grupos aliados, e para ampliar os revezes de inimigos isso é público e notório...

Que essas mesmas latrinas editoriais agem como propagadoras de bombas semióticas é fato, também...

No entanto, nesses tempos de trevas, o pessoal que trabalha nos cabarés de comunicação perderam totalmente a vergonha e o talento para o disfarce necessário a preservar, digamos, as aparências...


Vejam um breve retrospecto:

1- Primeiro um general de merda abre a boca para defender golpes, mesmo considerando que já estamos em um estado de golpe...

2- Depois vêm as querelas com écinho e a "nova" denúncia de temer...

3- Pronto, o ambiente está todinho preparado para a venda de hidroelétricas e poços de petróleo a preço de xepa...

Mas a narrativa do golpe pregada pelo general, que deve ter o intestino no lugar do cérebro, serve ao mesmo tempo a mais jogada combinada com o pessoal da moro & associados, conferindo aos monarcas de toga e sua corte do mp a "responsabilidade" de evitar a entrada em cena dos verdugos...

Na outra ponta, os imbecis de verde oliva seguem batendo cabeça com a polícia fluminense, nesse trágico jogo de enxuga gelo...

Se pedissem a zezé perrela conseguiriam dez vezes mais cocaína para apreensão que já arrecadaram nos morros...

Falando em écinho, é grave a disenteria mental do stf, do Congresso e de "especialistas jurídicos"...

Porra...stf não afasta senador, que só perde o cargo com sentença transitada em julgado...

O artigo 319 do CPP permite sim o confinamento domiciliar noturno como medida cautelar (diversa da prisão) e o afastamento cautelar do exercício de função pública...

Mas os "jênios" do stf DEVERIAM saber, antes de todo mundo, porque É ESSA A FUNÇÃO DO STF, seja quando provocado (na Adin, por exemplo), seja como questão incidental (dentro de um processo) de preservar a CRFB/88, que é cristalina em seuS artigo 53 e 55 (especificamente em seu § 2º)...

Ora, os "jênios" do stf, mais alta corte do judiciário mais caro (e partidário) do planeta, deveriam saber que havendo dois mandamentos legais conflitantes, o que é o caso (CRFB/88 e Lei 12403/2011), VALE A CRFB, porque há um troço chamado de hierarquia legal a ser respeitada, ou seja, na dividida, vale a CRFB, se ela se manifestar de forma expressa!!!!

Santo zeus!!!! São esses juízes que cobram horrores por palestras e ganham centenas de milhares de reais de salário e contam com um exército de baba-ovos, que chamam de assessores? 



Na terra chata não é diferente...as pocilgas de porcalistas locais se agitam ao menor movimento judicial, e trombeteiam o fim do mundo a cada passo processual contra o napoleão da lapa...

Como seus pares no planalto, fatiam o judiciário de acordo com as conveniências: uma hora gilmar "dantas" mendes é bom, outra é mau, uma hora a justiça funciona, outra é uma vergonha...

E nessa orgia, os direitos e garantias fundamentais vão para o lixo,,,

Engraçada também a pressa do pessoal que abana o rabinho para o governo rafael diniz...

Com o resultado do exame médico legal nas supostas vítimas de um secretário, correram a publicar a "sentença" de absolvição...

Idiotas...

Será que com tanta grana, esses merdas não consultam um advogado para escrever essas asneiras?

Pois bem, onde está escrito que para se responsabilizar alguém por agressão física será o laudo médico legal a única prova aceita?

Uai, eu não sei...alguém me indica?

Há outras provas, nesse caso, as testemunhais que poderão indicar a conduta descrita como vias de fato, elencada no Decreto-Lei 3688/41...também processada em mesma sede judicial,ou seja, os juizados especiais, assim como as lesões corporais leves...

Em nenhum dos dois casos, diga-se, o secretário seria preso ou submetido a um processo criminal, já que a Lei 90999/95 permite a suspensão condicional do processo, mediante a aceitação de certas condições pelo réu...

Mas o que espanta é a coragem do cretino que antecipa o resultado...Ué,a não ser que esse beócio seja capaz de auscultar os destinos de procedimentos policiais, ministeriais e judiciais...com a palavra os órgãos de fiscalização desses entes estatais...

Nada mais me espanta...redação de latrina editorial virou instância "judicial"...e seguindo a tradição, o supremo tribunal da mídia e suas "cortes" espalhadas pelo país, "investigam, acusam, processam, julgam e executam a sentença"...


quarta-feira, 27 de setembro de 2017

A (falta de) juízo (eleitoral) em Campos dos Goytacazes...

Se o processo inquisitorial que a moro & associados move em Campos dos Goytacazes, através de sua franquia local, tiver que ser levado a sério (o que acho difícil), algumas perguntas têm que ser respondidas:

1- Se o alcance das fraudes do que chamam de "escandaloso esquema" (virou moda juiz adjetivar processos, parece inveja dos nomes da operações policiais) foi tamanho, como cassar mandatos sem recalcular TODOS os votos dados aos beneficiários das fraudes (eleitos ou não), garantindo lisura do cálculo proporcional para acesso aos mandatos?

2- E se o eleitor votou no vereador "X" por benefício e votou no atual prefeito? Como sanear esse voto insanável em sua origem gravada de barganha eleitoral? Como separar o vício de origem?

3- Se considerarmos que o estrago supostamente feito pelo napô, tendo como base 17 mil votos, que devem ser computados na faixa de alcance que excede os listados no programa para o conjunto de eleitores do mesmo domicílio (familiares e amigos), como é que rafael teve quase 70% dos votos?

4- E se, novamente, o estrago foi tão grande, e se a intenção dos juízes é corrigir e sanear a eleição, o que esperam para anular esse pleito e marcar outro?

Alguém se habilita a dar as respostas?


Ufa, santa sentença Batman! Alívio no bunker de rafael!

Pronto...

Libertado o napoleão da lapa, poderá o atual prefeito de Campos dos Goytacazes seguir sua trilha de incompetência sob o escudo da "herança maldita"...

Por aqui, os descerebrados que não sabem a diferença entre algarismo e algoritmo, só chutam as canelas da "justiça" quando são desfavorecidos...

Tanto faz se é garotinho ou o zé das couves o alvo das injustiças...O que importa é que reinando o absolutismo judiciário, só os ricos (como sempre) têm mais chances de se safar...o resto é deus nos acuda...

Pouco importa se uma hora gilmar "dantas" mendes tenta ser justo apenas para criar atalhos jurisprudenciais que sirvam aos seus amigos...e em outras horas gilmar pratica sua submissão utilitarista aos ricos...

Isso não é causa, e sim sintoma da doença que acometeu o país, e que nada tem a ver com "luta por corrupção" ou "moralidade"...

Aberração não é tse fazendo ou desfazendo o que faz tre, aberração é a política tutelada por tribunais...sejam criminais, sejam os "especiais" (arf!)...

O que está em jogo é o desmonte por completo de um país (econômica e geopoliticamente falando), e com ele o improvisado e frágil conjunto de garantias constitucionais que tentamos erguer desde que os canalhas de verde-oliva acabaram o trabalho sujo que faziam para as elites...

Quando juízes correm para a mídia cretina para falar sobre sentenças e processos nos quais ainda funcionam (como é o caso na nazistolândia de Curitiba, e também sua filial de Campos dos Goytacazes), quando a política e polícia se confundem, como um cachorro que corre atrás do próprio rabo, em um processo claro de desacreditar  processo democrático e impor soluções de força (ainda que se mantenham os aspectos formais dos mandatos e eleições), enfim, quando se condena sem provas, a partir de editoriais, manipulações e versões de fatos, não tem diferença o efeito dessa ou daquela decisão judicial...

mídia virou partido, judiciário virou partido, mp virou partido, polícia virou partido, tudo isso para acabar, ironicamente com os partidos...

O capitalismo caboclo atende aos reclames da matriz, e vai na vanguarda do retrocesso, dizendo ao mundo inteiro como acabar com a ilusão de que haverá algum controle democrático sobre as decisões de quem tem grana...

Aqui em Campos dos Goytacazes esse fenômeno é tão nítido que sua luz até cega os olhos dos que, historicamente, estão acostumados ao "conforto" do uso de viseiras laterais (tal e qual os equinos usados para tração de carga)...

Eleito com quase 70% dos votos em Campos dos Goytacazes, o prefeito ao invés de procurar atender às demandas dos seus eleitores e de toda cidade, gasta seu tempo e capital político para impor um regime de exceção associado ao absolutismo judiciário, dedicado dia sim e outro também a aniquilar a oposição, não pelo sucesso de sua gestão, mas pelo uso do lado negro da força das togas...

Agora o playboy do melado e seus cúmplices da mídia podem delirar de alegria, ainda que publicamente digam o oposto...afinal, a razão de existir de sua política de negação da política está solto para lhe dar o contraponto necessário...

Como dois famosos antagonistas dos quadrinhos...eu sempre achei o Coringa muito mais sincero e ciente de seu papel no mundo...

Resultado de imagem para batman e coringa






terça-feira, 26 de setembro de 2017

Mal entendido e oportunidade...

Que maldade desse pessoal...

O secretário do prefeito rafaelzito não bateu no moleque...

Ele, na condição de responsável pelas políticas públicas de incentivo ao esporte desde a infância e adolescência, estava mostrando ao garoto uns golpes de boxe...

Mas como o atual governo necessita de escândalos e prisões alheias para desviar o foco, acho que o secretário, ao invés de reprimenda e/ou exoneração, vai ganhar é elogio...

A Rocinha e o Estado do Terror Judicial-Policial ou: como voltamos às Ordenações Manoelinas...

Bem, já que estão na moda estes títulos quilométricos, aí em cima vai o meu...

Tudo poderia ser resumido em: aos amigos tudo, aos inimigos, a Lei...

O que o Estado do Terror Policial-Judicial (seletivo, é claro) tem a ver com a Rocinha?

Bem, nada...e tudo...

O Rio de Janeiro é o palco da idiotia institucionalizada chamada de Guerra às Drogas, que como sabemos é uma das geniais empreitadas da CIA e dos EUA para influenciar e intimidar geopoliticamente regiões inteiras, bem como auferir estrondosos lucros, assim como a outra "guerra" que criaram depois, a do Terror...

Dias desses eu tive, por completo descuido, o desprazer de ler um imbecil dizendo que não se faz combate ao crime sem mortes e prisões, algo do tipo...

É, o que dizer? 

Deve ser por isso que os países mais seguros do mundo sejam, justamente aqueles que usaram um teor de força muito menor...e ao contrário, as áreas mais violentas do mundo são aquelas onde há maciça presença de policiais, mortes em quantidades industriais e cadeias (super) lotadas...

Dentre os países mais ricos, os EUA, o mais rico deles (e o mais desigual entre os mais ricos), é justamente o campeão de violência (mortos por cem mil habitantes), e onde há mais presos (eles têm a maior população carcerária do mundo e apenas 5% da população mundial)...

Lá também a violência, as mortes e prisões têm cor e classe social...

Então, não satisfeito, o "jênio articulista" da pocilga editorial local quer mais sangue e prisões...

Infelizmente, o que foi vomitado por ele não é um fato isolado, mas a base de um senso comum trans-classista, onde os mais ricos até mais pobres entoam os cânticos de extermínio e confinamento como soluções para a violência urbana e as políticas de segurança pública...bem, infelizmente para os pobres (e pretos), que são os que morrem e são enjaulados, porque as classes mais altas estão seguras e protegidas, ainda que cometam os mesmos ou crimes piores...

O que acontece hoje na Rocinha é um estranho paradoxo...uma encruzilhada para os chamados poderes estabelecidos...

Vejamos:

- Todo o tempo se usa a terminologia e metodologia de "guerra" na escalada militarizante do combate ao tráfico de drogas, que chegou ao seu ápice com a a vulgarização do uso dos idiotas verde-oliva...

- Essa "guerra", por sua natureza e por sua história, nunca será vencida...

- De um lado, os resultados dessa estratégia assassina e suicida (ao mesmo tempo), são o recrudescimento da violência dos traficantes contra policiais e população, e de outro, o aumento da violência e corrupção policial (e claro, de juízes e promotores, curiosamente esquecidos)...

- Se é "guerra" e não pode ser vencida, por que continuar a lutar?

Pois bem, a proposta do advogado de um dos criminosos, que acena com acordos (que sempre são feitos, apesar da negativa oficial), traz em si o embrião de um debate:

Até onde vamos? Não sei...

Qual o sentido disso tudo? Nenhum...

Sim, arriscar vidas de policiais e pessoas enquanto senadores carregam cocaína em helicópteros seria piada, senão fosse trágico...

Ou seja: a "guerra" não é séria e não é contra todos...

E mais ainda: arriscar vidas para proibir a venda de determinada substância enquanto permite, incentiva (com dinheiro público dos subsídios fiscais) e patrocina o mega lucro de empresas que vendem outras substâncias (álcool) é de uma incoerência atroz...

Nesse diapasão, quer dizer, na esteira da construção desses Estados-policiais dedicados a tais "guerras" foi se abrindo o campo para legitimação do judiciários e dos ministérios públicos de vários países como eixos centrais da vida política dessas sociedades...

A agenda da "segurança" e sua preponderância sobre TODAS as outras manifestações de políticas públicas do Estado não é uma mera coincidência em relação ao lawfare que se instalou no Brasil, por exemplo...

A "tecnologia" da supressão de direitos constitucionais, das violações permanentes do Estado em relação àqueles que elegeu como inimigos preferenciais, os traficantes de baixo calão, cinicamente vendidos pela mídia como "chefões", assim como essa mesma "tecnologia" midiática de espetacularização da ação policial-judicial, foram apenas deslocadas para o chamado mundo "político"...

Assim como na "guerra às drogas" vale tudo (e os dados sobre as mortes chamadas de "autos de resistência provam essa premissa), na "guerra à corrupção" passou a valer tudo também...essas teses trazem em si uma chantagem escrotíssima: quem não adere é porque concorda com criminosos...

Nem o direito de defesa exercido na advocacia escapa...aliás, é, talvez, o alvo predileto...

Não à toa, os mesmos imbecis que latem os mantras de "bandido bom, bandido morto", são aqueles que latem pela "guerra aos corruptos"...

Não à toa, esses latidos se dirigem sempre a alvos selecionados...

Para quem não sabe, as Ordenações Manoelinas foram os primeiros parâmetros jurídicos-penais, trazidos pela Corte Portuguesa, que por sua vez nasceram como um fundamento "legal" para a Inquisição Portuguesa (que só foi menos feroz que sua irmã espanhola)...

É desse entulho autoritário medieval que surge o Inquérito Policial, nosso velho conhecido...

Como se vê, também é daí que surge a tradição brasileira de prender (ou atirar) antes e perguntar depois, e bem depois, criar uma "tese" para enquadrar o suspeito...


Diria aos meus raríssimos leitores que, em breve, nova "tese" vai ser "gestada" no ventre do monstro de quatro cabeças chamado judiciário-mídia-elites-ministério público: a associação dos alvos políticos com facções criminais conhecidas...

Lula e Marcola?

garotinho e Nem da Rocinha?

Quem sabe?